As 9 leis da magia

Magos, bruxos e feiticeiros conhecem a fundo as 9 leis que regem a magia. São elas que ditam a boa convivência pelos membros dentro e fora da religião.

Lei do Conhecimento
É necessário ter um conhecimento abrangente daquilo que se deseja atingir através da magia, com a transformação de nós mesmos, do nosso mundo interior e exterior. Quanto mais a gente conhece aquilo que quer atingir, mais a magia trabalha e se manifesta de maneira completa.

Lei da Transmutação
Nós temos a possibilidade de ser e tentar interagir com o que quisermos. É através da vontade e da imaginação que a gente pode passar por experiências de outros seres animados e inanimados, como animais, árvores, pedras ou elementos.

Lei do Contágio
A magia liga coisas que tiveram contato uma com a outra para sempre. Por mais que seja passado para frente, aquilo que foi de alguém sempre terá um pouco da sua energia. É possível acessar algo ou alguma pessoa através de um objeto que tenha tido um tempo de contato com aquilo que desejamos alcançar, pois assim a essência disso está presente no objeto.

Lei da Causa e Efeito
Tudo o que fizermos tem uma consequência justa. A energia que a gente emana volta para a gente com mais intensidade.

Lei das Analogias
Na Wicca, existe um conjunto de simbolismos utilizados para alcançar os objetivos na magia, podem ser tabelas de cores, plantas, pedras, entre outros utensílios adequados para isso. As analogias podem ser usadas para substituir a lei do Contágio quando não possuir um objeto que tenha tido contato.

Lei das Infinitas Possibilidades
Quando mudamos uma visão nossa, podemos mudar nossa vida toda. Sempre temos 3 possibilidades frente às coisas: fazer, não fazer ou fazer outra coisa. Cada uma delas abre mais um leque de inúmeros possibilidades e assim sucessivamente. É sempre bom pensar se devemos usar a magia ou se o simples ato de mudar uma visão de mundo já é o suficiente para atingir nossos objetivos.

Lei da Invocação
O Universo e o mundo ao nosso redor são feitos de energia, assim como nosso interior. Nós podemos alcançar essas forças e usá-las a nosso favor. Antes disso, é necessário conhecer bem os Deuses e a tradição seguida pelo seu coven para saber onde e quando convocar essas energias.

Lei do Livre-Arbítrio
Cada ser rege sua própria vida. Nós não devemos interferir nas decisões do outro. A magia usada para manipulação é muito nociva e precisa ser evitada, pois não devemos forçar ninguém a nada.

Lei da Imanência
Tudo o que é feito através da magia se reflete no mundo ao nosso redor e em nosso interior porque tudo está interligado. Por isso, a magia deve ser usada apenas para mudanças positivas.


Ricardo Hida é astrólogo, tarólogo e babalorixá. Autor do livro Guia para quem tem Guias – Desmistificando a Umbanda. Apresentador do programa “Encontro Astral”, todas às terças-feiras, às 19h30, na rádio Vibe Mundial, 95,7 FM.

Mais sobre magia:

+ Você sabia que a Wicca é a religião da Deusa?
+ Wicca e seus elementos
+ O significado das velas coloridas na Wicca

Tags Related
You may also like
Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *