Astrólogos e Astrólogos

0

Há pouco mais de 20 anos tive uma experiência ruim com um astrólogo. A consulta foi repleta de equívocos, adivinhações e desencontros. Eu, que já não sentia afinidade alguma com a astrologia, passei a tratar do assunto com ironia e desdém.  Tempos depois, como expliquei em um post anterior, graças a um desafio e a um livro do jornalista Luis Pellegrini, resolvi me inscrever em uma escola séria, a Gaia, em São Paulo, e passei a enxergar depois de alguns anos de estudo e prática, a ciência de forma muito distinta.

Algumas vezes vejo, nos grupos de astrologia que existem no Facebook, posts que prestam desserviço à astrologia. Pessoas, até bem-intencionadas, mas que resolveram estudar em fontes pouco confiáveis uma disciplina milenar e perpetuam preconceitos e ideias incorretas junto ao público, causando confusão e colocando os verdadeiros astrólogos em situações verdadeiramente constrangedoras.

Como em todos os campos da vida, é possível encontrar pessoas sérias, preparadas e com talento para uma profissão e outras que não são apenas displicentes, mas agem até com má fé. É preciso cuidado para escolher o profissional com quem se consulta.  É bem verdade que há excelentes astrólogos autodidatas, inclusive que são referências no segmento, mas esses são minoria.

Além de ter estudado em uma boa escola, o melhor astrólogo é aquele que muito lê, que participa de congressos e seminários sempre que pode, e que possui uma extensa bagagem, não só no estudo dos astros, mas em outros campos da vida. Como diz o mestre Robson Papaleo, astrologia envolve comportamento humano e aquele que já passou por várias experiências em sua existência consegue não só melhor se expressar, mas compreender seu cliente e oferecer respostas com maior segurança e qualidade.

Uma boa leitura de um mapa natal, assim como uma boa previsão, ajuda o indivíduo a enxergar melhor a realidade e tomar decisões mais acertadas, evitando prejuízos e dissabores. Mas isso tem um custo, e esse custo reflete inclusive o quanto foi investido na carreira da Astrologia. Trata-se de uma lei de mercado. Nenhum astrólogo dedicado pode oferecer seus serviços a preços irrisórios.

A escolha de um mau profissional pode gerar conflitos desnecessários, medos e até confusões. E aí, vale o clichezão, o barato sai caro.

(Ricardo Bueno Hida)

Serviço:

AstroRica

Mapa Astral, Previsões e Trânsitos

ricardotbhida@gmail.com

Share.

About Author

O portal dos espiritualistas tem como missão abraçar todas as vertentes ligadas a fé, e espalhar de forma positiva o conhecimento espiritual. Aqui você encontrará uma gama de assuntos das mais diversas culturas e religiões, abrindo a sua mente para a iluminação e conhecimento.

Deixe seu comentário