Budda foi o criador do budismo.

Lua de Buda: ritual para paz interior

 

Nem todos os povos utilizam do nosso calendário- o gregoriano, com 12 meses, e que se inicia em 1 de janeiro- em seu dia a dia. Muitos povos ainda têm sua maneira de marcar o tempo, geralmente com base na lua.

Mesmo nós utilizamos algumas vezes a lua para marcar datas importantes como a Páscoa e Carnaval. Por isso é que a cada ano as celebrações caem em dias diferentes.

Os budistas também têm uma festa muito importante todos os anos que marca o nascimento, a iluminação e a morte de Sidarta Gautama, o grande Buda. E adivinhe? Em 2020 esta data é celebrada hoje, 7 de maio!

Essa data é conhecida como Lua de Buda: a primeira lua cheia do mês Vesaka, calculado no calendário lunar, que no Ocidente pode ser entre maio e junho.

Trata-se de um período sagrado para os budistas. É como se fosse o nosso Natal, Pentecostes e Sexta-feira Santa ao mesmo tempo.

Mesmo que você não professe o budismo, pode aproveitar dessa energia incrível para alcançar mais paz interior e sabedoria eu espiritual.

Para isso veja o ritual abaixo:

Nos próximos 4 dias de Lua cheia acenda em casa uma vela dourada, um incenso e coloque 3 flores brancas junto.
Sente-se confortavelmente cruzando as pernas, na posição de lótus, e peça paz e harmonia a Buda.

Finalize abençoando todo o planeta.

O ritual pode ser utilizado também para se desapegar de algo ou alguém.

Este texto foi postado originalmente no site do João Bidu, em comemoração ao aniversário de Gautama Buda e da Lua de Buda.


Ricardo Hida é astrólogo, tarólogo e babalorixá. Autor do livro Guia para quem tem Guias – Desmistificando a Umbanda. Apresentador do programa “Encontro Astral” na rádio Vibe Mundial, 95,7 FM.

Tags Related
You may also like
Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *