background img
banner
espiritualidade mediunidade charlatanismo

Os falsos profetas

Há indivíduos inescrupulosos em todas as religiões. E não é de agora. O próprio Cristo já alertava sobre os falsos cristos e profetas quando esteve entre os homens. Avatares de outras religiões também pediram cautela em suas religiões para sacerdotes e discípulos pouco afeitos á ética.

Em todas as crenças as mensagens dos grandes mestres foram, propositalmente ou não, mal interpretadas e até deturpadas. Isso porque nenhum deles: Jesus, Buda, Lao Tsé ou Confúncio – para citar apenas alguns- deixaram seus ensinamentos escritos. O que nos chegou às mãos é aquilo que foi compilado por seus seguidores. Paulo de Tarso, por exemplo, não conviveu com Jesus, daí algumas de suas cartas carregarem impressões pessoais  e não a mensagem pura cristã, como, por exemplo,  quando ele faz a defesa da escravidão.

Alguns desvios, como no caso do apóstolo Paulo, não foram propositais. Ninguém pode duvidar do seu amor ao Cristianismo.  Mas como doutor da lei judaica, sua formação influenciou de certa forma, seu olhar de perceber, interpretar e divulgar a mensagem cristã.

Já outros, no decorrer da História, trouxeram confusão por má fé. Quantos não usam ainda hoje da palavra de Jesus para enriquecer, abusando da fragilidade, da culpa, do medo e da dor do próximo? Quantos não se escondem atrás da Bíblia ou outros livros sagrados para justificar a maldade e a intolerância que carregam?

No caso das religiões mediúnicas não são poucos os casos de charlatanismo e mistificação.  Se há muitos médiuns verdadeiros que trazem a mensagem de grandes espíritos através da incorporação e psicografia há outros que se prestam ao teatro para fins excusos. Não nos cabe o julgamento mas o alerta. É preciso, como Allan Kardec sugere, observar o conteúdo de uma mensagem. Se ele traz esperança, lucidez e sabedoria, deve-se ouvir. Mas se incentiva os vícios, a maldade, o preconceito e a ignorância, é preciso descartar.

Circulam inúmeras mensagens pelas redes sociais, sobretudo whatsapp, que são falsas. Nunca foram psicografadas pelos médiuns a quem se atribui a autoria.

Mas do que nunca, cautela, racionalidade e espírito crítico.

 

Tags Related
You may also like
Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *