Poderoso ritual do sangue menstrual

Por Edson Luis

 

Há uma profecia Lakota que diz: “A terra precisa de sangue, e quando as mulheres se esqueceram desse rito sagrado que foi praticado por gerações, os homens passaram a verter o seu sangue, através de guerras e violência e no dia em que as mulheres voltarem a dar seu sangue à terra, os homens não mais precisarão derramá-lo pela guerra”

O ritual de plantar a Lua, seguido por algumas tradições pelo mundo,  nada mais é do que o ato de colher o próprio sangue menstrual e o depositar na terra, devolvendo a menstruação para a natureza. É praticado desde a era paleolítica, onde durante o período menstrual as mulheres recolhiam-se em um lugar chamado “tenda vermelha” e ficam de cócoras, despejando seu sangue menstrual direto na terra. Era um ato sagrado onde elas liberavam todos os acontecimentos do seu último ciclo.

Para entender melhor o assunto fiz uma entrevista com Agnes Alencar, praticante de bruxaria tradicional, que planta a Lua há alguns anos.

A Lua pode ser plantada em qualquer fase da Lua?

Agnes: A Lua pode ser plantada durante a menstruação da mulher ou quando chegar à Lua nova. O ideal é que a pessoa esteja menstruada para conectar-se com a sua Lua nova interior. A Lua nova representa a mulher ou período menstrual e o arquétipo da bruxa anciã então é nesse período que indicamos que a Lua seja plantada.

Sentiu alguma mudança após começar a plantar a Lua?

Agnes: Sim, eu acredito que as principais mudanças que percebi durante esses anos que eu planto, no sentido físico ficou muito mais fácil para eu perceber todas as fases do meu ciclo, os sintomas físicos e psicológicos. No sentido físico eu sei me conectar muito mais fácil com os meus ciclos e a entendê-los de uma maneira bem melhor. Entender a questão de ter cólicas e perceber que às vezes há dor de cabeça, que ficamos mais sensíveis. E ele também ficou muito mais harmônico, parece que ele ficou muito mais organizado, acho que essa pode ser uma palavra que explique bem. Eu percebo muito mais fácil as fases dentro do ciclo em si.

Há como plantar a Lua com absorventes ou paninhos menstruais?

Agnes: Então indicamos até por questões científicas e prol do bem da natureza, que as pessoas não utilizem absorventes convencionais, porque eles têm muitos produtos químicos utilizados neles. Então indicamos que a pessoa colete é através de um coletor menstrual, que seria um copinho ou disco, e sim nesse caso a gente pode utilizar um absorvente de pano, ou até mesmo a pessoa coletar diretamente no recipiente que ela escolheu para armazenar sangue. Não é indicado de maneira nenhuma utilizar o sangue que que vai para o absorvente convencional, por conta da dessas questões dos produtos químicos que tem.

Por que plantar a Lua?

Agnes: Essa é uma pergunta bem ampla, plantar a Lua é um ritual muito pessoal, para quem decide plantar. Eu acredito que dentro disso possa ter diversos motivos para alguém plantar a Lua.

O ato de plantar a Lua ocorre mais ou menos desde o período paleolítico, onde tinha todo um lugar especial para isso, ele era chamado de “tenda vermelha”.

Nessa época as mulheres despejavam o sangue diretamente na Terra. Esse era um momento sagrado, uma oportunidade de liberar todos os acontecimentos desse último ciclo. Para que houvesse uma purificação. Além de ser uma forma de conectar com o arquétipo da deusa anciã. Era uma grande conexão com a deusa e uma maneira de purificação também. Uma maneira da mulher literalmente conectar-se com a Terra e conectar-se com o seu próprio ciclo em si. Eu acredito que isso resume bem.

Para mim como bruxa, como praticante de bruxaria tradicional, é um momento de conexão como é um sagrado feminino, de conexão com o arquétipo da deusa na sua face como anciã, onde a nossa magia está transbordando.

É seguro o sangue menstrual na terra?

Agnes: Ao contrário do que muitas pessoas pensam hoje em dia, com o passar do tempo e com o passar da evolução da sociedade, passaram a ter uma visão pejorativa do sangue menstrual, como se o sangue menstrual fosse algo sujo. Quando na realidade não é, o sangue menstrual de uma pessoa é simplesmente o sangue dela. Não tem nada que o torne sujo, então é seguro sim né que o sangue menstrual seja depositado na terra.

Como plantar a Lua?

Agnes: Eu já fiz de algumas maneiras, o sangue pode ser coletado e guardado em um recipiente preferencialmente de vidro ou de barro. Aí poderá ser misturado com cerca de 2/3 de água e deixado em um ambiente arejado, tampado com algum tecido para que esse sangue possa respirar até que a pessoa esteja preparada para fazer o ritual de plantar a Lua. Algumas pessoas colocam esses recipientes dentro da geladeira até que esteja preparada para fazer o ritual. Algumas mulheres, por exemplo, preferem depositar o sangue diretamente no solo, como faziam as nossas ancestrais. Atualmente é mais difícil a mulher ter acesso diretamente ao solo, com plantas com árvores, como eu tenho esse acesso fácil então eu já fiz dessa maneira também. Caso a mulher não tenha acesso a um terreno com árvores ela pode escolher um vasinho com uma planta que ela sinta que ela devia depositar ali o sangue.

 

Sugestão de leitura:

Mulheres Que Plantam A Lua – Andrea Berriel

Lua Vermelha: As Energias Criativas do Ciclo Menstrual como Fonte de Empoderamento Sexual. Espiritual e Emocional – Miranda Gray

O Oráculo da Lua Vermelha: Mensagens de sacralidade feminina interior para vivenciar o seu ciclo menstrual de forma plena e criativa – Miranda Gray

Tags Related
You may also like
Comments