banner
Iemanjá

Quem é Iemanjá?

Pensou naquela moça que veste camisola azul clara, sai do mar com cabelos pretos escorridos? Pois é. Trata-se de uma imagem tão real quanto os anjos como bebês gordinhos, asinhas de pomba nas costas, olhar sapeca e cabelos encaracolados loiros.

Iemanjá não é e tampouco foi uma pessoa. É um Orixá cultuado na África, no candomblé e na Umbanda. Trata-se de uma força da Natureza que  trata da fertilidade, da maternidade e da criatividade.

Não é uma deusa, é uma expressão de Deus. Essa força se manifesta nas águas salgadas, sejam elas quais forem: mar, lágrimas, líquido amniótico e sêmen. Representa a Grande Mãe. Na Astrologia é associada à Lua.

No sincretismo religioso sempre se identifica a Nossa Senhora -dos Navegantes, da Conceição. Razão pela qual tornou-se altamente cultuada e respeitada no Brasil.

Iemanjá para os africanos também é responsável pela cabeça boa (ori). E por isso mesmo, é considerada a senhora dos caminhos e também da prosperidade (assim como Ajè Xaluga e Oxum). Afinal ninguém pode ser próspero se não tiver uma cabeça no lugar, calma, com boas idéias, lucidez e inteligência.

Aliás, nesse quesito de cabeça boa, nada de jogar tranqueira no mar. Quer reverenciar o Orixá, cuide das riquezas do mar. Defenda a flora e fauna marinha. Iemanjá será eternamente grata.

Banho de Iemanjá: colônia e rosas brancas

Cor: Azul claro . No candomblé se usa transparente ou verde, dependendo da qualidade.

Saudação: Odoya, Odociaba

 

Tags Related
You may also like
Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *