ritual para cortar o mal

Ritual simples para cortar energias negativas

 

Como ensino nos meus cursos, a magia é a arte de manipular energias naturais mas também, e sobretudo psíquicas, para reequilibrar a vida e encontrar as forças necessárias realizando nossos objetivos e sonhos.

Há muitos instrumentos nas diversas tradições para rituais magísticos: pembas, athames, pentáculos, bastões, cálices, espelhos, cristais, velas e até caldeirões. Há, no entanto, um de uso doméstico e corriqueiro, muito utilizado pelas velhas ciganas para cortar feitiços e males: a tesoura.

Criada em torno de 1500 a.C., o instrumento é a arma de algumas divindades em diferentes culturas. Na Budismo Tibetano, a Tara Azul é uma das expressões de sabedoria, representada por uma mulher de pele azul que, com sua tesoura, corta o karma negativo, assim como vícios e medos da Humanidade.

Os etruscos  também cultuavam uma deusa, Culsu, que carregava uma tesoura para cortar os laços dos que morriam com seus corpos e bens materiais. Já Atropos, divindade grega  responsável pelos destinos, também carregava o instrumento para dar fim à existência dos mortais, cortando o seu tempo de vida.

Ritual para cortar algo ruim da sua vida

Se você tiver algo que deseja eliminar da vida, escreva o que incomoda em um papel, ou mesmo arrume uma imagem ou foto que simbolize o problema. Mas atenção, não use fotos de pessoas!

Em uma lua minguante, use uma tesoura nova e afiada para cortar o papel. Afirme mentalmente que o problema é cortado de sua vida.

Se você tiver se sentido amarrada ou com obstáculos, pegue uma linha preta, da sua altura, e corte, dizendo: Não há mal que me prenda. Em nome das Forças Divinas, tudo mal é cortado da minha vida!

Jogue no lixo e sempre que algum pensamento ruim vier, lembre-se da imagem do ritual!


Ricardo Hida é astrólogo, tarólogo e babalorixá. Autor do livro Guia para quem tem Guias – Desmistificando a Umbanda. Apresentador do programa “Encontro Astral” na rádio Vibe Mundial, 95,7 FM.

 

Tags Related
You may also like
Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *