Sincronicidade, um e-mail da vida!

O assunto foi muito estudado por Carl Gustav Jung, mas só fui me interessar pela sincronicidade no verão de 2004 quando estava na casa de campo dos meus pais, deitado à rede. Após o almoço eu estava lendo um livro do escritor Philipp Roth. E no mesmo instante que lia uma frase dita pelo protagonista, minha mãe falava a mesma coisa, com as mesmas palavras, para minha avó na varanda.

Achei realmente que se tratava de algo mágico, um momento único. Porque não era uma frase monossilábica, nem comum. E comecei a buscar entender o fenômeno. Passei dois anos estudando porque certas “coincidências” acontecem em nossas vidas.  E elas ocorrem com certa frequência embora não nos damos muito conta do fenômeno.

Ela pode se manifestar de várias maneiras. As vezes um número que se repete em algum momento da nossa vida. Às vezes a presença constante de animais que não cães e gatos. A sincronicidade surge quando um determinado acontecimento padrão começa a se repetir no nosso dia-a-dia.

Trata-se de um fenômeno diferente daquele da busca consciente de uma confirmação. A sincronicidade surge espontaneamente em nossa vida, sem esforço nenhum. E só nos damos conta, depois de alguns segundos. E o que ela quer dizer?

A primeira mensagem da vida é que você está na hora e no lugar certo. Ou seja, você tomou a decisão correta e está onde as Forças Superiores gostariam que você estivesse. A segunda resposta pode indicar a afinidade de uma determinada energia na sua vida que é expressada simbolicamente através de um número ou animal. Por exemplo, se o número 1 se repete no seu cotidiano pode indicar a necessidade ou expressar que você vive um período de recomeços. Já o número 9 o fim de um ciclo.  A presença de uma borboleta pode, para os iniciados nas religiões de matriz africana, indicar a presença de Iansã, orixá responsável pela comunicação, a expansão, o crescimento. Já animais peçonhentos que você está suscetível energeticamente a ataques espirituais.

A sincronicidade pode trabalhar com o repertório simbólico de um indivíduo, mas no geral, utiliza elementos que são universalmente conhecidos. Daí a necessidade de se perceber o fato, e uma vez identificado, encontrar em livros especializados o significado. Seja na numerologia, seja no xamanismo, ou na obra do próprio Jung.

Sincronicidade podem surgir inclusive de forma pouco agradável.  É, como explica Trish e Rob Mc Gregor, estudiosos do assunto, a sincronicidade do tapeceiro. E indica, a necessidade, na maior parte das vezes, de mudar algo em sua maneira de agir e vibrar.

Independentemente de sua interpretação, o fenômeno é a certeza de que uma Força muito maior está cuidando da gente e querendo se mostrar presente em nossas vidas. Viva a Sincronicidade!

Serviço:

CELV – Centro Espiritualista Luz e Vida

Giras abertas ao público:

Domingos: 10h às 12h

Endereço: Estrada Balthazar Manoel, 745, Potuverá, Itapecerica da Serra – SP


Ricardo Hida é astrólogo, tarólogo e babalorixá. Autor do livro Guia para quem tem Guias – Desmistificando a Umbanda. Apresentador do programa “Encontro Astral” na rádio Vibe Mundial, 95,7 FM.

Mais sobre o assunto:
+ Será que estou com encosto?
+ Vampiros energéticos e emocionais: como se livrar?
+ Fitoenergética: jasmim e patchouli

Tags Related
You may also like
Comments